Four Seasons

A intenção não é fazer de tudo um texto bonito, e sim, refletir sobre esses sonhos incertos.

Pages

domingo, 26 de setembro de 2010

Pessoas.

Sempre me julguei independente de pessoas. Nunca gostei da maioria das pessoas. Sempre fui como um extraterrestre desagradável para elas.
Mas são coisas que tanto me ensinam.
Pessoas de grandes épocas de ouro, que passam seus dias contando histórias do passado, rindo, aproveitando sua vida. Que você vê nos olhos a felicidade de estar ali, presente com seus amigos, os dias que não voltam mais.
Enquanto você olha para o outro lado e vê a amargura nos olhos de quem nasceu na sua época. O mais comum seria o contrário, certo?

Sinto que saí de lá como outra pessoa.

Foi uma terapia, com certeza.
Porque esse tipo de pessoas são as únicas que eu gosto de "perder o tempo de poderia ler um bom livro" para sorrir e conversar durante uma noite toda.
Não sou dessa época nem desse país, isso eu já sei.